Paraná

Dois cães de Curitiba testam positivo pra coronavírus e têm sintomas específicos

Pesquisadores da Universidade Federal do Paraná (UFPR) descobriram a presença do coronavírus em dois cães de Curitiba. Um da raça buldoque francês e outro sem raça definida. Segundo a instituição, estes são dos primeiros casos identificados no Brasil, em um estudo que analisou amostras de cães e gatos em cinco capitais brasileiras. A pesquisa recrutou tutores que testaram positivo pra coronavírus e apontou que os animais podem se infectar pelo vírus, mas isso não se equivale a dizer que eles têm a doença ou são transmissores. As informações são da Tribuna do Paraná.

Médicos sem Fronteiras