Brasil

PT usa verba pública para quitar calote milionário de campanha de Lindberg

A prestação de contas da executiva nacional do PT apresentada ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aponta que o partido assumiu, durante o ano passado, um calote no valor de R$ 6,7 milhões dado pela campanha do ex-senador Lindberg Farias (RJ) para o governo do Rio de Janeiro em 2014. Naquele ano, Lindberg ficou apenas em 4.º lugar na briga pelo Poder Executivo fluminense. As informações são da Gazeta do Povo.

Pelo acordo judicial, firmado na 31.ª Vara Cível do Rio de Janeiro, o partido se comprometeu a quitar a dívida com uma empresa de comunicação, a VG Marketing Eleitoral Ltda, com uma entrada de R$ 300 mil – dividida em seis parcelas – e o restante do passivo em outras 74 prestações de R$ 87,5 mil cada. Ainda segundo o acordo judicial, a partir do segundo ano desse parcelamento, as prestações serão corrigidas com base no rendimento da poupança.

Médicos sem Fronteiras