Paraná

‘Não houve nenhuma valorização’, diz Coren-PR sobre trabalho de enfermeiros durante a pandemia

Com mortes contabilizadas e milhares de casos confirmados, já são cinco meses sob risco para os profissionais de saúde na linha de frente de combate à pandemia de coronavírus. Segundo dados do Conselho Regional de Enfermagem do Paraná (Coren-PR), obtidos pelo portal Observatório da Enfermagem do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen), dez profissionais de saúde no Paraná já perderam a vida pela covid-19, mas pode haver subnotificação. Enquanto isso, o Coren-PR lamenta que, de uma forma geral, não houve a devida valorização aos profissionais. As informações são da Banda B.

Por fim, ela fez um apelo ao curitibano, que mantenha as medidas de isolamento social para evitar que a situação piore. “Nossa preocupação é que as pessoas estão cansadas de usar máscara e tudo mais. Nosso sistema só não saturou pelo distanciamento social e medidas que foram tomadas pelas administrações para o aumento de leitos. Não houve colapso por isso, mas é preciso um compromisso da sociedade para continuar assim. Quando as pessoas relaxam, sobra para os profissionais da saúde que estão na linha de frente”, concluiu.

Médicos sem Fronteiras