Mundo

Trump sugere adiar eleição dos Estados Unidos; republicanos no Congresso rejeitam

WASHINGTON (Reuters) – O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, levantou nesta quinta-feira a possibilidade de adiamento da eleição presidencial de 3 de novembro, uma ideia rejeitada imediatamente tanto por democratas quanto por republicanos no Congresso —a única instância com autoridade para fazer tal alteração. As informações são da Reuters.

Críticos e até aliados de Trump refutaram a ideia, que não levaram a sério, e alguns disseram ser apenas uma tentativa de desviar a atenção diante de notícias econômicas devastadoras.

O comentário de Trump no Twitter veio no momento em que os EUA atravessam uma das maiores crises de uma geração: uma pandemia de coronavírus que já cobrou mais de 150 mil vidas, uma recessão paralisante provocada pelo surto e protestos de âmbito nacional contra a violência policial e o racismo.

Médicos sem Fronteiras