São José dos Pinhais

Ministério Público recomenda a interdição de cabines de desinfecção para combate à Covid-19

O Ministério Público do Trabalho no Paraná expediu recomendação a todos os municípios do estado, na última quinta-feira (16/07), para que os seus órgãos de vigilância sanitária realizem inspeções nos respectivos territórios com o intuito de verificar a existência de estruturas (câmaras, cabines e túneis) que sirvam para a desinfecção de pessoas como medida de combate à covid-19. Em caso de identificação de tais estruturas, o MPT recomenda que essas sejam imediatamente interditadas.

A medida do MPT/Paraná se baseia na nota técnica da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) que aponta a inexistência de comprovação científica em relação à eficácia dessas estruturas e no alerta emitido pelo Conselho Federal de Medicina chamando a atenção para o risco de lesões respiratórias, oculares, alérgicas e dérmicas pelo contato com os produtos químicos supostamente utilizados nos equipamentos.

O não acatamento à recomendação do MPT/Paraná sujeitará os responsáveis pela administração dos municípios às penas previstas em lei.

*com informações do Bem Paraná

Médicos sem Fronteiras