02/06/2020 23:46
São José dos Pinhais

Carta do leitor

*por Joelmir Nunes

Através deste venho representar todos os provedores de internet na cidade de São José dos Pinhais e região metropolitana de Curitiba, em especial na nossa cidade de São José dos Pinhais. Onde os provedores em meio esta pandemia, estão tendo que aumentar o atendimento, para o cidadão que precisa trabalhar em casa, levando acesso via internet.

Vários provedores tem efetuado investimentos de estrutura na cidade de São José dos Pinhais, gerado empregos e pagando seus impostos, com isso gerando receita para o município.

Com está pandemia está gerando um número elevado de pessoas soltando Pipa(Raia), isso é considerado uma brincadeira de criança, mas logo que se utiliza de CEROL (substancia cortante que é passo na linha), que é proibido por Lei 16246 – 22 de Outubro de 2009 Publicado no Diário Oficial nº. 8082 de 22 de Outubro de 2009, do estado do Paraná, sendo pessoas maiores de idade, que se acham no direito de através de uma ato de vandalismo, levar o perigo para cidadãos que estão passando pela rua.

O problema maior está sendo que além do risco de ferir uma pessoa que passa, estão CORTANDO cabos de telecomunicações nos postes, cortando a comunicação entre os provedores e pessoas que estão trabalhando para manter este Brasil em funcionamento.

O mais engraçado é que muitas vezes quem corta, são filhos de quem depende deste serviço para trabalhar em casa, muitos são maiores de idade e estão achando muito bonito o que estão fazendo que é um ato de VANDALISMO, pois todo e qualquer cabo que seja para utilização de telecomunicações, são protegidos pela lei geral de telecomunicações.

Em média cada empresa está tendo de 15 a 20 ocorrências por semana, mas nos últimos 7 dias, o aumento dobrou em algumas regiões e chegou a triplicar em outras.

Estamos fazendo um apelo, junto as autoridades da cidade de São José dos Pinhais, que tome uma atitude, pois vários contatos efetuados via ligações para Guarda Municipal e contato via Facebook, não tivemos um respaldo sobre está questão.

As empresas estão tendo prejuízos, pois tem que sempre efetuar a troca de onde sai o cabo na caixa de atendimento no poste que fica na rua e vai até a casa do cliente, o que estamos achando trágico, é alguns que tem o serviço contratado em sua casa, o filho vai na rua e ainda corta o cabo e os pais como cliente, tem a coragem de reclamar que está sem o serviço.

Empresas vão começar a cobrar os custos dos clientes, pois não podemos ficar absorvendo estes custos, não estamos generalizando pois nem todos tem culpa, mas se a população não ajudar, ligando para  guarda municipal de São José dos Pinhais e pedindo uma providencia de quem está na rua e cortando cabos com cerol, sendo que deveria estar em casa.

Até quando está geração que acha que tudo cai no colo e a vida é fácil, vai continuar na rua efetuando atos de vandalismo?

Brincadeira de criança é soltar pipa, já falando em uma linguagem mais correta de se entender, MARMANJOS soltando pipa com cerol e gerando problema para município e empresas?

Prefeitura da cidade de São José dos Pinhais, guarda municipal vai tomar uma atitude?

Pois quando um cidadão ficar sem o serviço e ter que esperar mais de uma semana para ser trocado o cabo, vão ter que aguardar, caso a população não venha a colaborar. O maior numero de ocorrência, está sendo registrado nos bairros Ipê, Guatupê, Parque da Fonte,Rio Pequeno e São Judas Tadeu.

Cadê os pais das crianças que não verificam o que os filhos estão fazendo? Isto é crime e precisamos de uma posição urgente de nossas autoridades. Pois acreditamos que a melhor solução é a população ajudar para resolver está questão.

Afinal Cerol é uma arma ao ar livre ou não?

e-mail: joezaum@gmail.com

Médicos sem Fronteiras