02/06/2020 23:52
Paraná

Mesmo sem atividades, Ratinho contraria próprio decreto e convoca Funcionários(as) a retornar trabalho nas escolas

A Secretaria de Estado de Educação e Esportes (Seed) alterou a resolução 891 editando a resolução 1253/2020, com o objetivo de convocar Funcionários(as) para trabalhar nas escolas estaduais. A proposta contraria o decreto 4230/2020, o qual estabeleceu o isolamento social e a suspensão das aulas, por conta do risco de contágio do COVID-19 (CoronaVírus). Na avaliação da APP-Sindicato, essa proposta demonstra desrespeito por parte de Ratinho Junior (PSD) e sua equipe para com a vida dos(as) milhares de profissionais que estão em quarentena. As informações são da APP-Sindicato.

Mesmo que as escolas estejam paradas e sem atividades, o governo insiste em obrigar Funcionários(as) de Escola a voltar para seus locais de trabalho, o que pode gerar uma maior taxa de contágio do CoronaVírus naqueles que estão expostos nas escolas. Segundo a secretária de Funcionários(as), Nádia Brixner, a Seed está indo na contramão das medidas de isolamento. “Nós lamentamos que a Seed não pense primeiro na vida das pessoas, dos(as) funcionários(as) e estudantes, que também estão sendo motivados a ir para as escolas”.

A direção estadual da APP-Sindicato destaca ainda que medidas cabíveis já estão sendo tomadas, pois é necessário garantir a preservação da vida das pessoas. “Essa resolução da Secretaria da Educação é lamentável e caso não seja revogada, possivelmente iremos chorar a morte de muitos companheiros(as) que estão se expondo nas escolas desnecessariamente”, enfatiza Nádia Brixner.


Médicos sem Fronteiras