São José dos Pinhais
24/10/2019 12:22
Paraná

Investigações contra Beto Richa sobrecarregam Deltan Dallagnol

Compartilhar artigo no facebook Compartilhar artigo no twitter Compartilhar artigo no WhatsApp ↑ Topo

Procuradores de Curitiba pediram ao juiz Luiz Antônio Bonat, da 13ª Vara Federal, mais prazo para analisar a transferência do advogado luso-brasileiro Leonardo José Muniz de Almeida para Portugal. Ele é investigado por operar para o MDB. As informações são da Veja.

O motivo, afirmam, é a sobrecarga de trabalho.

No documento é assinado por Deltan Dallagnol, Antonio Carlos Welter, Alexandre Jabur e Felipe D’Elia Camargo, os procuradores dizem que o excesso foi trabalho foi provocado pelos desdobramentos da Lava-Jato, como as operações Piloto e Integração, que investigam o ex-governador Beto Richa.

Médicos Sem Fronteiras