São José dos Pinhais
18/06/2019 11:52
São José dos Pinhais

Por que Moro escolheu São José para testar projeto-piloto de segurança?

Compartilhar artigo no facebook Compartilhar artigo no twitter Compartilhar artigo no WhatsApp ↑ Topo

A partir de junho São José dos Pinhais, deverá receber uma ajuda extra nas suas operações policiais: a da Força Nacional de Segurança Pública. O município, de pouco mais de 300 mil habitantes, foi o escolhido na região Sul para participar de um projeto-piloto do Ministério da Justiça e Segurança Pública, de Sergio Moro, que busca reduzir a criminalidade violenta em cinco cidades brasileiras. O programa deve durar até o fim do ano e, se tiver sucesso, poderá ser replicado em outros lugares do país. As informações são da Gazeta do Povo.

Segundo a pasta ministerial, a escolha das cidades – além de São José, recebem o projeto Cariacica (ES), Ananindeua (PA), Paulista (PE) e Goiânia (GO) – foi feita com base em análises de Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) e de criminalidade. No caso do município paranaense, o segundo fato parece ter tido um peso bem maior, já que São José mantém um IDH (0,758, de acordo com dados de 2010) acima da média do estado e de boa parte das cidades da RMC, como comparativo.

Em termos de mortes violentas, a situação é bem diferente. São José é uma das cidades do estado com mais homicídios. De acordo com números da Secretaria de Segurança Pública do Estado (Sesp), o município teve 69 mortes violentas em 2018, segundo pior resultado entre os municípios da RMC, atrás apenas da capital, Curitiba, com 293. Foi também o quarto pior desempenho do estado, atrás da capital, Foz do Iguaçu e Paranaguá. De acordo com a secretaria de Segurança municipal, no entanto, a escolha foi feita com base em números do triênio 2015-2017, que teve ainda mais registros de morte. Em 2017, por exemplo, foram 92 homicídios.

Médicos Sem Fronteiras