São José dos Pinhais
26/03/2019 07:16
Paraná

Em condicional após prisão na Lava Jato, André Vargas leva vida discreta no interior

Compartilhar artigo no facebook Compartilhar artigo no twitter Compartilhar artigo no WhatsApp ↑ Topo
(Foto: Rodolfo Buhrer)

Com pouco mais de 560 mil habitantes, Londrina, no Norte do Paraná, possui ares de cidade de interior, onde “todo mundo se conhece” – todo mundo da mesma faixa social, pelo menos. Ainda assim, são poucos os que relatam ter esbarrado com André Vargas desde que o ex-deputado voltou a residir na cidade, em outubro do ano passado. Primeiro político condenado na Lava Jato , Vargas estava desde abril de 2015 preso no Complexo Médico Penal de Pinhais, onde cumpria pena de 13 anos, 10 meses e 24 dias pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro. Deixou a prisão em 19 de outubro do ano passado. As informações são da Gazeta do Povo.

Se antes Vargas era figura frequente em colunas sociais de jornais locais, fotografado em eventos políticos, atualmente o ex-deputado prefere manter distância do olhar público. Diferentemente de outros condenados que mantêm perfis ativos nas redes sociais, como Eduardo Cunha e Lula, Vargas não publica.

Médicos Sem Fronteiras