São José dos Pinhais
17/11/2018 03:52
Paraná

Ricardo Barros superou “efeito Fahur” e se elegeu para a Câmara Federal

Compartilhar artigo no facebook Compartilhar artigo no twitter Compartilhar artigo no WhatsApp ↑ Topo

O deputado federal Ricardo Barros (PP) recebeu mais de 80 mil votos e foi eleito para o sexto mandado na Câmara Federal. Barros superou o “efeito sargento Fahur” na região de Maringá e garantiu uma vaga no Congresso. As informações são do Fábio Campana.

Com mais de 4 milhões de seguidores nas redes sociais, o sargento Fahur (PSD), que fez carreira na PM na região de Maringá, foi o deputado federal mais votado do Paraná, com votações expressivas na cidade, em Sarandi, Paiçandu e outros municípios do Noroeste. Ao todo foram mais de 314 mil votos. Barros disse estar contente pelo fato de o campeão de votos ser de Maringá e também pela manutenção da representatividade da cidade na Câmara.

“Maringá manteve a representação de quatro deputados federais e isso é importante para conseguirmos mais recursos e obras para a cidade. Vamos unir esforços e continuar o trabalho em favor dos municípios, buscando investimentos que melhorem a vida dos paranaenses”, disse Ricardo Barros.

MARINGÁ – A cidade de Maringá manteve a representação de quadro deputados federais na Câmara Federal. Além de Ricardo Barros e Fahur, a cidade elegeu também Nishimori (PR) e Ênio Verri (PT). O deputado federal Edmar Arruda (PSD) não conseguiu a reeleição.

Médicos Sem Fronteiras