São José dos Pinhais
13/12/2018 09:20
Paraná

Ratinho Jr tenta impedir debate sobre o fim dos pedágios no Paraná

Compartilhar artigo no facebook Compartilhar artigo no twitter Compartilhar artigo no WhatsApp ↑ Topo

Um pedido da coligação do deputado Ratinho Junior (PSD), acatado pela Justiça Eleitoral, causou estranheza e suspeição no meio político paranaense. O candidato conseguiu uma liminar que impede a governadora Cida Borghetti (PP) divulgar nas redes sociais o resultado das reuniões públicas sobre o novo modelo das concessões das rodovias no Paraná.

Cida já fez audiências públicas nas principais do Estado e adiantou que já determinou às concessionárias que se preparem para o fim do contrato. Também notificou as pedageiras informando que o atual contrato, que vence em 2021, não será renovado. “O Paraná precisa avançar e, desde já, iniciar a elaboração de um novo modelo de concessão para promover a justiça tarifária com mais obras e redução das tarifas em 50%, em média”, disse a governadora.

Já a decisão da juíza auxiliar Graciane Lemos deu razão a coligação de Ratinho Junior que apontou que os posts sobre a atuação de Cida na questão do pedágio não podem ser tolerados durante a campanha eleitoral. Além de não tocar mais no assunto, Cida terá de apagar, mesmo de seu perfil pessoal, todos os posts sobre o tema. A multa estabelecida pela juíza, na liminar concedida na noite deste domingo, é de R$ 100 mil por dia de descumprimento.

Na reuniões sobre o fim dos pedágios, Cida informa que o Estado já busca organizar o encerramento do complexo modelo de concessão iniciado em 1997. “Esta é uma medida que garante agilidade, rapidez e o encerramento correto dos contratos. Estamos comunicando antecipadamente para que as concessionárias se preparem e tenham a consciência de que os contratos não serão renovados”, explicou Cida.

“No mínimo deve constar no novo contrato 50% a menos do custo do pedágio que é cobrado hoje no Paraná. É muito caro, entendemos que o modelo é antigo e, portanto, os contratos serão encerrados na data prevista e o novo modelo será apresentado à população do Paraná“, destacou Cida.

O Anel de Integração, formado pelas rodovias federais pedagiadas, é formado por 2,5 mil quilômetros de rodovias. Destes, 1,8 mil quilômetros são federais, delegados ao Paraná, e 700 quilômetros estaduais. Ao todo, são 27 praças de pedágio.

Médicos Sem Fronteiras