São José dos Pinhais
15/10/2018 11:38
Paraná

Dicas para reformar sem sair do orçamento

Compartilhar artigo no facebook Compartilhar artigo no twitter Compartilhar artigo no WhatsApp ↑ Topo

Saiba como colocar os gastos na ponta do lápis e não ter surpresas no fim da obra

Calcular gastos

Calcular gastos é imprescindível na hora de reformar seu imóvel

É só falar em reforma que já vem à mente gastos exorbitantes, atrasos na obra e muita dor de cabeça. Mas nem sempre precisa ser assim! Ao comprar ou alugar um imóvel para morar, um dos pontos que tornam aquela ‘a sua casa’ é justamente a forma como o proprietário vai organizar e cuidar do espaço a partir daquele momento.

Antes de colocar a mão no bolso para comprar materiais e contratar profissionais, é preciso ter em mente que este é um processo de investimento e deve ser realizado com cuidado, antecedência e principalmente consciência.

Para uma reforma de sucesso, procure referências do que você procura e converse com pessoas próximas que estão passando ou já passaram pela mesma situação e podem indicar serviços e profissionais do ramo. Para te ajudar, listamos alguns tópicos que não podem faltar ao organizar o orçamento de uma obra. Veja só:

Planejamento para reformar a sua casa

Um dos principais erros de quem está iniciando uma reforma é comprar materiais de construção sem realizar um planejamento prévio. Parece uma etapa simples, mais exige cuidado e atenção. Tudo aquilo que é comprado na pressa, acaba saindo caro mais tarde. Então, o primeiro passo a ser tomado durante o planejamento é estabelecer um objetivo: o que eu quero ter no fim da obra ao alugar casa em São José dos Pinhais? Dê preferência com um projeto em mãos feito por um profissional especialista no assunto, liste quais são os itens necessários e qual o melhor momento para adquiri-los. Com os materiais listados, o segredo para não deixar a obra extrapolar o orçamento é definir a realidade financeira. Não adianta selecionar os melhores itens para a sua casa, se não há recursos disponíveis para a compra.

A partir do porte da obra, procure assumir valores que estão ao alcance do seu orçamento, seja no presente ou no futuro. Procure definir o orçamento financeiro com paciência, realizando uma estimativa de investimento. Nesta etapa também é importante reservar uma determinada quantia para possíveis emergências. Mesmo com um planejamento bem feito, imprevistos acontecem e é preciso estar preparado para eles. Com o financeiro definido, é fundamental estabelecer o escopo da obra. Qual é o espaço a ser reformado? Que mudanças irão ser realizadas? O que será feito? Ter isso bem alinhado é uma medida para impedir que o projeto saia do planejado e estoure o orçamento.

Pesquisa de materiais de construção

Um dos pontos que está diretamente relacionado com o planejamento é a pesquisa para uma obra dentro do orçamento. Seja em casas em condomínio fechado em São José dos Pinhais ou apartamentos, é fundamental pesquisar a fundo sobre preços, prazos e materiais de boa qualidade necessários ao longo do desenvolvimento do projeto. É esse processo que fará a diferença no fim das contas e se bem feito, pode até garantir uma economia com a obra pronta. Nesta etapa e principalmente em casos de dúvida é importante contar com o auxílio de um profissional, desde o vendedor da obra até arquiteto ou engenheiro responsável pelo trabalho. Com conhecimento e experiência, esta é a pessoa mais indicada para fazer os direcionamentos corretos e mostrar o que precisa e o que não precisa ser comprado. Fazer comparações também é outro ponto importante, que pode revelar surpresas que podem pesar no bolso.

Além dos materiais, é preciso o custo médio do projeto e também a mão de obra a ser empregada, que também tem um valor a ser pago. Outro ponto importante que pode influenciar na pesquisa da reforma são as normas de convivência e ABNT de construção do condomínio. Antes de iniciar qualquer tipo de alteração, busque se informar sobre como estas medidas são aplicadas na sua região para evitar desgastas desnecessários e até mesmo problemas que podem comprometer a obra.

Geralmente em um condomínio, para que a reforma seja autorizada é necessário entregar o projeto da obra, com detalhamento e alterações que serão realizadas. Isso deve ir de encontro com o horário de trabalho em ambientes residências que costuma ir até às 17h, nos dias úteis.

Precaução para não gastar demais com materiais de construção e decoração

Na hora de realizar, seja em imóveis a venda em São José dos Pinhais ou em sua casa própria, é preciso tomar algumas precauções para evitar problemas no futuro. Uma delas está relacionada ao melhor momento para iniciar o projeto. Claro que varia de caso para caso, o quarto do bebê por exemplo não é algo que pode ser adiado. Mas nas demais situações prefira evitar estações mais chuvosas, que podem atrasar a obra, danificar materiais e dobrar o custo necessário com a mão de obra.

Se for o caso de chuvas no período, principalmente em áreas externas, procure adiar temporariamente o início dos trabalhos. Outro momento a ser evitado na hora de iniciar uma reforma é o período de final de ano. Muitas pessoas tem o costume de utilizar o 13º salário, as férias e até mesmo o FGTS para dar entrada nos itens necessários para a reforma. E é justamente neste período em que as lojas de materiais de construção costumam aumentar o preço dos produtos.

Por isso, em casos não emergências, a dica é evitar fazer compras neste período e prorrogar o investimento. Outro tópico que pode facilitar a vida e ajudar o bolso de quem está em reforma é a reciclagem. Que tal aproveitar para reaproveitar e customizar aquilo que você já tem em casa? Vale a pena dar uma olhada em canais de vídeos da internet que ensinam técnicas de personalização, reaproveitamento e DIY, os famosos ‘faça você mesmo’ que contribuir para dar um ar novo para o ambiente sem gastar muito.

Independente do motivo para realizar a reforma, o desejo ou necessidade que motivam uma mudança são essenciais para quem sonha em construir a casa dos sonhos. Mas é preciso disciplina e organização para passar por essa situação com calma e sem agir por impulso. Como mencionamos, conforme o porte da obra, vale a pena seguir alguns passos simples que vão contribuir em muito para a viabilidade financeira no negócio.

Gostou deste artigo? Então não esqueça de compartilhar em suas redes sociais.

Médicos Sem Fronteiras