Esporte

Futebol na Real em “Análise da Rodada“

16ª Rodada


Os destaques da décima sexta rodada ficam por conta da mudança na disputa da artilharia que mesmo assim não tira Dodô da ponta com 9 gols, mesmo estando na Arábia o ex-botafoguense segue na frente, seguido por Wagner do Cruzeiro com 8 gols, Schwenck do Figueirense e Tuta do Fluminense com 7, Anderson Lima do São Caetano junto com Cícero Santos, mais um do figueira, vem com 6 gols.
    O campeonato conta com paulistas de ponta a ponta, o São Paulo em primeiro e o Corinthians, mas uma vez segurando a lanterna, acompanham o Timão na zona de rebaixamento, a dupla nordestina, Fortaleza e Santa Cruz, completando o Botafogo.


O melhor saldo de gols é o do Paraná e o pior é o do Fortaleza, a melhor defesa é a do Santos e a pior é a da Ponte Preta, o líder São Paulo é a equipe que mais venceu com 10 vitórias, no oposto esta o Fortaleza vencendo apenas duas vezes na competição.


Na disputa da rodada, Paraná e Santos ficaram no empate, e quem levou vantagem foi o Internacional que com a vitória sobre o Fortaleza, voltou a vice-liderança, o Atlético Paranaense segue em queda livre e esta a beira da zona de risco.


Um planejamento é necessário nesse disputado campeonato, em casa tem que vencer, fora no mínimo um empate, primeiro não tomar gol para depois marcar, isso é para quem não quer ficar no sufoco, mas se o interesse é o título, não pode tomar conhecimento, tem que passar por cima de todos os adversários, enfim entrar na disputa dos 90 minutos, pensando somente em somar os tão valiosos 3 pontinhos, que no final pode fazer uma falta muito grande.


Marlon Robaina
marlonrobaina@hotmail.com
 

Médicos sem Fronteiras