Mundo

Exército israelense prende mais um deputado do Hamas

O Exército israelense prendeu hoje o deputado palestino Fadel Hamdan, do Movimento de Resistência Islâmica Hamas, informaram fontes palestinas.


A detenção de Hamdan acontece dois dias depois da prisão do presidente do Conselho Legislativo palestino, Abdel Aziz Dueik, também do Hamas.


O primeiro-ministro da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Ismail Haniyeh, que também pertence ao Hamas, qualificou neste domingo a prisão de Dueik como “uma punhalada nas costas da legislação internacional“.


Um porta-voz militar israelense afirmou que a detenção de Dueik aconteceu porque ele “é um dirigente do Hamas, uma organização terrorista“. No caso do deputado Hamdan, por enquanto não foram dadas explicações.


O Exército israelense já prendeu mais de 20 ministros do Governo de Haniyeh e deputados desse Movimento islâmico fundamentalista, após a captura, no dia 25 de junho, do soldado Guilda Shalit, ainda em poder dos milicianos, aparentemente em Gaza.


Por outra parte, um homem de 47 anos foi assassinado hoje e seu filho ficou ferido depois que eles foram atacados por desconhecidos que viajavam em um automóvel com placa israelense, segundo informaram testemunhas oculares e fontes médicas.


 

Médicos sem Fronteiras