Paraná

De Guarda Mirim à gerente de banco em Foz

“Participar de mais um aniversário da Guarda Mirim é uma grande honra. Foi aqui que tudo começou, onde aprendi muito e recebi um encaminhamento profissional que vai marcar toda a minha vida“. A declaração, carregada de emoção, é do gerente de relacionamentos de uma agência bancária de Foz do Iguaçu, Gilmar Rodrigues, ao recordar sua passagem pela instituição na primeira metade dos anos de 1980. “Meu primeiro emprego foi em um super mercado“, completa.`


A história de Rodrigues é apenas mais uma entre as mais de 24 mil proporcionadas pela Guarda Mirim, em seus 29 anos de fundação. A instituição, que iniciou suas atividades atendendo um pequeno grupo de crianças que viviam nas ruas de Foz do Iguaçu, se transformou numa referência na formação profissional e social de adolescentes (meninos e meninas) com idade de 14 a 18 anos.`


“Depois disto, trabalhei em mais dois empregos pela Guarda Mirim, antes de prestar serviço ao Exército Brasileiro“, relata. Rodrigues ingressou em 1981, quando a fundadora e ex-primeira-dama do município, Léa Leone Viana, ainda dirigia a instituição. Nesta época, os jovens atendidos usam fardas com normas militares, semelhantes as das Forças Armadas.


Rodrigues ocupava o posto de sargento e trabalhava em uma agência bancária quando completou 18 anos. Após cumprir o serviço militar, distribuiu uma série de currículos pela cidade e acabou contratado pelo antigo Banco Bamerindus, hoje sob controle da rede HSBC. “Desde então já se passaram 19 anos. Por isso sempre digo, devo tudo de coração a essa grande instituição“, conclui.


Festejos – A programação dos 29 anos da Guarda Mirim foi recheada de atividades esportivas e de integração entre os adolescentes. As atividades, abertas na segunda-feira (24), incluíram torneios de Futsal, pingue-pongue e xadrez. Para encerrar os festejos, a direção promoveu um almoço especial com ex-guardas mirins, adolescentes do atual quadro, familiares e autoridades.


“É um momento muito especial para todos, que revela o reconhecimento do trabalho da instituição junto à sociedade“, afirmou o presidente Hélio Cândido do Carmo. Atualmente mais de 860 adolescentes integram os quadros da Guarda Mirim, onde recebem cursos profissionalizantes gratuitamente. Deste total, mais de 600 estão ingressados no mercado formal de trabalho.


O secretário de Administração Adevilson Gonçalves representou a prefeitura de Foz do Iguaçu na solenidade. Ele destacou o trabalho da diretoria atual e reconheceu o serviço social que a Guarda Mirim presta para a sociedade local. “Temos ciência da ajuda aos mais necessitados e principalmente por ela ser um dos maiores empregadores de jovens da prefeitura“, disse.


Gonçalves informou que o prefeito Paulo Mac Donald Ghisi já assinalou que tem intenção de adquirir um terreno ao lado e construir um centro de convivência que será gerido pela Guarda Mirim. “Esta estrutura terá piscinas semi-olímpica e quadras de esportes“, frisou. A solenidade teve ainda presença dos vereadores Valentin da Silva e Professor Sérgio de Oliveira, o presidente da Asserpi João Dias e os funcionários públicos Maxciel Pedroni da Guarda Municipal e Celso Rios.


FRASE:
“Desde então já se passaram 19 anos. Por isso sempre digo, devo tudo de coração a essa grande instituição“, conta ex-Guarda Mirim


Liderança do Govreno

Médicos sem Fronteiras