São José dos Pinhais
23/04/2018 09:21
Brasil

Transexuais e travestis já podem incluir nome social no título de eleitor

Compartilhar artigo no facebook Compartilhar artigo no twitter Compartilhar artigo no WhatsApp ↑ Topo

A partir do (3/04), travestis e transexuais podem incluir o nome social no título de eleitor e no caderno de votação das eleições. A inclusão e a atualização da identidade de gênero no cadastro eleitoral deve ser feita até o dia 9 de maio para valer nas eleições de outubro deste ano. As informações são de Andreia Verdélio – Repórter da Agência Brasil

Quem perder esse prazo só poderá fazer a alteração após as eleições, para os próximos pleitos. O nome social é aquele pelo qual o transexual ou travesti é reconhecido socialmente, diferente do nome civil, que consta na certidão de nascimento. Já a identidade de gênero estabelece com que gênero a pessoa se identifica, masculino ou feminino.

Médicos Sem Fronteiras