São José dos Pinhais
23/11/2017 12:11
Paraná

Inovação tecnológica muda o perfil da sericicultura

Compartilhar artigo no facebook Compartilhar artigo no twitter Compartilhar artigo no WhatsApp ↑ Topo

A renovação do perfil do produtor e a inovação tecnológica que estão ocorrendo na sericicultura projetam fortalecer a atividade no Paraná nos próximos anos. O Estado é o maior produtor de fio de seda no País, sendo responsável por 84% da produção nacional. A meta é expandir a produção para atender a demanda mundial do produto com qualidade, que é o diferencial da produção no Paraná e que o torna competitivo até com a China, maior produtora de fio de seda do mundo.

De acordo com o Departamento de Economia Rural (Deral) da Secretaria de Estado da Agricultura e Abastecimento o perfil do sericicultor está diferente. Muitos produtores saíram da atividade e deram lugar para outros mais jovens, que estão identificando nas inovações tecnológicas uma oportunidade de expansão e de rentabilidade no campo. De acordo com Gianna Cirio, engenheira agrônoma do Deral, o resultado dessa nova onda deverá ficar mais evidente e promissor dentro dois anos, quando as novas áreas implantadas deverão estar em produção.

Médicos sem Fronteiras