São José dos Pinhais
23/11/2017 12:11
Paraná

Investimento do Estado beneficia 800 mil usuários do transporte coletivo

Compartilhar artigo no facebook Compartilhar artigo no twitter Compartilhar artigo no WhatsApp ↑ Topo


Foto: Jaelson Lucas/ANPr

O Governo do Estado vai investir R$ 5 milhões em melhoria na infraestrutura do transporte coletivo da Região Metropolitana de Curitiba. O investimento anunciado pelo governador Beto Richa nesta segunda-feira (30) envolve a ampliação de cinco terminais de ônibus e de duas estações tubo, além da compra de 343 abrigos de ponto de ônibus para 18 municípios, o que ampliará o conforto para cerca de 800 mil pessoas que usam o sistema diariamente. As obras são de responsabilidade da Coordenação da Região Metropolitana (Comec) e serão contratadas ainda neste ano.

No encontro com os prefeitos dos municípios beneficiados, no Palácio Iguaçu, Richa disse que o Estado disponibiliza com frequência recursos para a Grande Curitiba, nas áreas da saúde, educação, segurança pública e, em especial, infraestrutura viária e urbana. “Há uma grande parceria para o transporte público. Estamos conseguindo reintegrar as ações para garantir uma vida melhor para os usuários”, disse o governador. “Fazemos uma boa parceria para o desenvolvimento da região metropolitana e a qualidade de vida de seus mais de 3 milhões de moradores”, afirmou.

O governador ressaltou que, graças ao ajuste fiscal, o Governo do Estado consegue investir em todos os municípios paranaenses. “Fazemos um governo municipalista, ajudando a vida das pessoas nas cidades onde elas moram. Fazemos, neste ano, o maior investimento público da história do Paraná, de quase R$ 8 bilhões. E já está previsto no orçamento do ano que vem R$ 8,5 bilhões, fortalecendo ainda mais a parceria de trabalho que temos com os municípios.”

MUNICÍPIOS – As obras em terminais e estações tubos têm a parceria das prefeituras de Curitiba, Almirante Tamandaré, Fazenda Rio Grande e Campina Grande do Sul, que fizeram os projetos. Os novos abrigos beneficiam Almirante Tamandaré, Araucária, Balsa Nova, Bocaiuva do Sul, Campina Grande do Sul, Campo Largo, Campo Magro, Colombo, Contenda, Fazenda Rio Grande, Itaperuçu, Mandirituba, Pinhais, Piraquara, Quatro Barras, Quitandinha, Rio Branco do Sul e São José dos Pinhais.

Em Curitiba, serão construídas plataforma para embarque em nível no terminal Boqueirão, estrutura para instalação da segunda estação tubo no Museu Oscar Niemeyer e a ampliação da estação tubo na Praça Carlos Gomes (Fazenda Rio Grande). O terminal de Fazenda Rio Grande também será ampliado. Em Almirante Tamandaré serão construídas plataformas em nível no Terminal Cachoeira e no Terminal Central. Em Campina Grande do Sul, o recurso é para a reforma e ampliação do Terminal Jardim Paulista, região mais populosa do município.

SEGURANÇA – O presidente da Comec, Omar Akel, disse que as melhorias de operação do sistema trazem mais conforto e segurança para o passageiro. “A instalação dos novos abrigos também estimula os municípios a melhorarem os seus equipamentos urbanos”, afirmou. “São obras estruturantes”, ressaltou o secretário de Estado do Desenvolvimento Urbano, João Carlos Ortega.

Para o prefeito de Curitiba, Rafael Greca, as melhorias na infraestrutura vão permitir a retomada da integração do transporte com a Região Metropolitana. “Vêm aí duas novas linhas reintegradas, a Quatro Barras-Santa Cândida e a esperada Almirante Tamandaré-Fazendinha. Aos poucos vamos cumprindo compromisso de tratar Curitiba e a Região Metropolitana como uma só”, disse ele.

O prefeito de Almirante Tamandaré, Gerson Colodel, explicou que o Terminal Central passará por reformas e o Cachoeira terá reformas e ampliação, com tubos novos. “Além disso, 33 pontos de ônibus serão alocados na cidade. Tudo isso significa um investimento de quase R$ 1,3 milhão, uma grande conquista para a nossa cidade”, afirmou o prefeito.

Em Campina Grande do Sul, a reforma e ampliação do Terminal Jardim Paulista vai beneficiar a região mais populosa do município. “Estamos lutando para a melhoria do transporte público, o governo tem sido um parceiro para isso. Vamos ampliar o terminal e poderemos integrar com a região rural e facilitar a integração com Curitiba, que está em tratativa”, explicou o prefeito Bihl Zanetti.

Confira AQUI mais informações sobre a melhoria na infraestrutura dos transportes.

 

Médicos sem Fronteiras