São José dos Pinhais
19/10/2017 09:13
São José dos Pinhais

UTI Neo Natal do Hospital São José utiliza polvos de crochê na recuperação dos recém-nascidos

Compartilhar artigo no facebook Compartilhar artigo no twitter Compartilhar artigo no WhatsApp ↑ Topo

Há um mês, a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neo Natal do Hospital e Maternidade São José está utilizando polvos de crochês no tratamento dos bebês prematuros. “Eles [polvos] remetem ao cordão umbilical. O bebê se sente ainda no útero”, explica a Coordenadora da UTI Neo Natal, Ana Paula de Moraes Maia Barros. Essa técnica, conhecida como Projeto Octus (ou Projeto Polvo), surgiu na Dinamarca em 2013 e, desde então, tornou-se conhecida por todo mundo.

Apesar de não existirem estudos científicos que comprovem a eficácia desse tratamento, Ana Paula afirma que a utilização tem sido benéfica. “Os bebês ficam mais calmos, porque o contato ajuda na diminuição da dor, do desconforto e ajuda também na redução do estresse. A equipe percebe que tem crianças que se apegam ao polvo e não desgrudam mais. O efeito tem sido positivo, inclusive porque não necessitamos de intervenção farmacológica,”, conta ela.

Médicos sem Fronteiras