São José dos Pinhais
15/12/2017 12:06
São José dos Pinhais

Quase 4 mil pessoas realizam provas em Concurso Público para atender a Saúde

Compartilhar artigo no facebook Compartilhar artigo no twitter Compartilhar artigo no WhatsApp ↑ Topo

No último domingo (24), nas dependências da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) no bairro Prado Velho, em Curitiba, quase 4 mil inscritos participaram das provas do Concurso Público promovido pela Prefeitura de São José dos Pinhais. A proposta é suprir a vacância de profissionais médicos, farmacêuticos, enfermeiros e técnicos de enfermagem principalmente das Unidades Básicas de Saúde (UBS).

“A Saúde Pública é uma das prioridades da nossa gestão. Prova disso é que, mesmo com a maior queda orçamentária que São José dos Pinhais está vivendo, já realizamos 10 grandes reformas em Unidades de Saúde, inauguramos o novo Centro de Especialidades Odontológicas, acabamos com as terceirizações na Saúde e chamamento de 122 médicos concursados para o Hospital São José e à UPA. O próximo passo é a Atenção Primária e especialidades. Para isso, chamaremos em torno de 40 médicos da Saúde da família. No início do ano, seremos referência com a inauguração do Centro de Especialidades do Paraná, que irá atender 100% das nossas demandas de exames e consultas especializadas dos usuários da saúde pública de São José dos Pinhais, dentro das 5 linhas guias do Estado”, disse o prefeito Toninho Fenelon.

“O concurso público foi autorizado pelo prefeito já no início de nossa gestão. Com ele, passaremos a organizar a Atenção Primária de São José dos Pinhais. A intenção é ter médico em todas as Unidades Básicas de Saúde. E mais. Estamos estudando a implantação de horários estendidos nas sete maiores UBS até o período da noite. Tudo isso será possível a partir desse concurso público. Assim, vamos ter médico em todas as Unidades e, consequentemente, desafogaremos a UPA”, afirma o secretário Giovani de Souza.

Com a contratação dos novos médicos, São José dos Pinhais passará a atender 350 consultas a mais por dia. Isso possibilitará que as pessoas não precisem ir até a UPA para atendimentos de consultas, proporcionando conforto e facilidade ao usuário do sistema de Saúde Pública com o atendimento mais próximo da sua residência.

“Cerca de 50 pessoas vão até a UPA todos os dias após o expediente de trabalho (horário comercial) porque perto da sua casa a Unidade de Saúde fecha às 17 horas. Com o chamamento dos profissionais de Saúde desse Concurso Público poderemos estender o horário de atendimento de UBS das grandes regiões do Município. Ao mesmo tempo, chamaremos mais farmacêuticos para resolver o problema da fila da farmácia básica e especializada, inclusive com a descentralização do serviço para quatro a cinco UBS de grande porte”, reforça Giovani.

Tratamentos corporais e faciais personalizados