São José dos Pinhais
26/07/2017 02:30
Brasil

Ministério Público do Paraná gastou R$ 110 mil para segurança de Lula

Compartilhar artigo no facebook Compartilhar artigo no twitter Compartilhar artigo no WhatsApp ↑ Topo

A Polícia Militar do Paraná desembolsou R$ 110 mil para montar o esquema especial de segurança para o ex-presidente Lula (PT) depor ao juiz Sérgio Moro no dia 10 de maio.  A informação referente aos gastos consta em um e-mail encaminhado pela Secretária de Segurança Pública à Assembleia Legislativa. Com informações do Bem Paraná.

Na ocasião, foi mobilizado um efetivo de 1.700 policiais para atuar na operação entre os dias 6 e 10 de maio. O número é quase duas vezes maior do que o destinado para o acompanhamento dos clássicos entre Atlético-PR e Coritiba, quando cerca de 600 homens vão para as ruas para evitar confronto entre as torcidas rivais.

A Polícia Militar apresenta ainda que R$ 40 mil do valor total foi gasto com patrulhamento aéreo para controlar as áreas de apoio às equipes terrestres do comando. Em toda a operação, foram registradas 16 horas de voo com o custo de R$ 2.500 por hora.

O documento aponta ainda que houve uma cooperação da Prefeitura Municipal de Curitiba e do Exército Brasileiro ao longo da “Operação de Apoio à Justiça Federal”.

A Polícia Federal e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) não divulgaram os gastos com a operação com o depoimento de Lula.

Polar Export