Brasil

25 de junho de 2007 às 10:14:12

Detento usou arma feita de sabão para fazer reféns em prisão

A arma usada por preso para render na tarde de sábado (23) oito funcionários da Penitenciária Tarcizio Leonce Pinheiro Cintra, a P1, em Tremembé, a 138 km de São Paulo, era falsa, segundo informações da Secretaria de Administração Penitenciária (SAP). A falsa pistola, muito semelhante a uma verdadeira, era feita de sabão.


Além da apuração policial que está em curso, a SAP vai instaurar a partir de segunda-feira (25) um procedimento na Corregedoria Administrativa do Sistema Prisional para apurar o incidente.Por motivos de segurança, a secretaria afirmou que não divulgará para onde os presos foram transferidos. O teor das negociações para liberação dos reféns também não será informado sob a justificativa de que a divulgação pode atrapalhar futuras negociações.


Um grupo de 15 presos do Centro de Detenção Provisória de Pinheiros, na capital paulista, era transferido para a penitenciária de Tremembé. Na chegada, por volta das 15h de sábado, um deles que portava a arma rendeu os funcionários. De acordo com a SAP, pelo menos quatro dos detentos transferidos participaram da ação.


Ao longo do dia, os reféns foram sendo liberados. Às 23h, o preso entregou a arma falsa e liberou os dois últimos reféns. A SAP nega que o ato tenha sido uma rebelião e afirma que não foram registrados incidentes entre os presos da penitenciária de Tremembé.


Fonte: Globo Online


Conective Informatica

Nenhum Comentário

Deixe o seu comentário!